Arquidiocese de Teresina

Breve História da Diocese do Piauí e Arquidiocese de Teresina

Luta pela criação da Diocese do Piauí

A criação da Diocese do Piauí, primeira circunscrição eclesiástica do Estado e a vigésima na ordem cronológica das criações das dioceses do Brasil, foi fruto de um longo e complexo processo, que durou mais de oitenta anos constituindo, assim, um dos mais longos na história de criação das dioceses no Brasil; devido à circunstância histórica política e religiosa pela qual passavam a Igreja e o Estado no Brasil, durante todo o período imperial, na transição Império-República e nos primeiros anos deste novo regime. A criação da diocese aconteceu graças à incansável persistência do clero e de autoridades piauienses que só cessaram o trabalho quando consumado.

Aconteceu em dois períodos distintos e característicos que vão desde 1822 a 1901: O primeiro período foi marcado por propostas de clérigos e políticos da Província durante o regime imperial. O segundo período foi marcado por uma ação mais acentuada do clero, quando entrou em ação o Mons. Joaquim de Oliveira Lopes, vigário de Itamarati (Pedro II). Mons. Lopes encontrou um forte aliado que foi o Mons. Raimundo Gil e o apoio de algumas autoridades políticas.

Papa Leão XIIIAtravés da bula Supremum Catholicam Ecclesiam, o papa Leão XIII criou a Diocese do Piauí em 20 de fevereiro de 1901. No entanto a bula só veio a ser publicada e promulgada em 06 de janeiro de 1903. A mesma determinava: o desmembramento da diocese do Piauí da diocese do Maranhão, a cidade de Teresina como sede episcopal e Igreja de N. Sra. das Dores como catedral da nova diocese. O primeiro bispo eleito foi o Mons. Antonio Fabrício de Araújo Pereira que não aceitou a dignidade e conseguiu da Santa Sé a dispensa do episcopado.

De Diocese do Piauí a Arquidiocese de Teresina

A Primeira circunscrição eclesiástica criada e desmembrada da diocese do Piauí foi a prelazia de Bom Jesus do Gurguéia em 20 de julho de 1920. Seguindo a criação da diocese de Oeiras-Floriano e a de Parnaíba, em 16 de dezembro de 1944, quando passou a denominar-se diocese de Teresina pela Bula Ad Dominici gregis bonum do Papa Pio XII. Foi elevada a Arquidiocese e Sede Metropolitana formando a Província Eclesiástica do Piauí em 09 de agosto de 1952 pela Bula Quaemadmodum insignis do Papa Pio XII. Posteriormente foram criadas as dioceses de São Raimundo Nonato, Bom Jesus, Campo Maior e Picos. Ficando assim formada a Província eclesiástica do Piauí de sete dioceses, que também compõem o Regional NE IV da CNBB.

presidente-990x566

Bispo: Dom Jacinto Brito

Fontes:
Livro de Tombo da Arquidiocese de Teresina
Melo, Cláudio, Piauí, Diocese e Província Eclesiástica. Arquidiocese de Teresina, 1993.

Visite o site da Diocese

Instagram

REDES SOCIAIS

Participe de nossas redes sociais: curta, comente e compartilhe com todos!

Parceiros

  • pub_scj.png
  • embarqueturismo.jpg