Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Pastorais e movimentos sociais do Piauí se reuniram na manhã desta segunda-feira, 05 de setembro, na Praça João Luís Ferreira para o 22º Grito dos Excluídos.

Com o lema “Este sistema é insuportável: exclui, degrada, mata!” e tema “Vida em primeiro lugar”, a mobilização questiona e denuncia as várias formas de desigualdades do País. O Grito contou com presença de centenas de pessoas que manifestaram indignações diante de um sistema político e econômico que exclui e descarta a maioria da população da participação e decisão dos rumos do país, independentemente de partidos e governos e denunciaram e questionaram as mazelas em que vivem o povo piauiense.

O Grito dos Excluídos nasceu da necessidade de dar voz ao povo, às minorias e à população historicamente excluída pelo Estado, que elege uma “engrenagem de negociações financeiras que somente obedecem aos interesses dos que já têm, dos ricos, das empresas, dos bancos”. A organização da mobilização analisa que o direito à saúde, moradia, transporte, trabalho, informação e vida digna ficam comprometidos, aumentando a desigualdade social no país. Desde 1995, o Grito é um espaço para que movimentos sociais organizados se manifestem e cobrem direitos já assegurados em nossa Constituição Federal.

Confira as fotos do 22º Grito dos Excluídos