Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Grito dos Excluídos – mobilização nacional que acontece em todo o Brasil no dia 7 de setembro – já está tomando forma. Em várias cidades estão sendo realizadas atividades de preparação como seminários e encontros para debater o lema do ano e organizar a série de mobilizações que vão protagonizar a Semana da Pátria.

As Pastorais Sociais e Organismos pertencentes ao Regional NE4, CNBB, e alguns setores da sociedade, estiveram presentes na sala de reuniões do regional para estudarem o planejamento do 20ª Grito dos/as Excluídos/as que ira acontecer no dia 07 de setembro juntamente com a passeata da independência.

Foram definidas, durante a reunião, algumas datas e locais para melhor divulgar o 20ª grito dos excluídos. Dia 26 de agosto será na vila operaria, durante as novenas, dia 28 de agosto na UFPI, 04 de setembro na UESPI, em horários a ser definido. O lançamento do 20ª grito dos excluídos será no Bairro Dirceu, em dia e horário a ser definido. Na UFPI e na UESPI serão debatidos temas como a reforma política e reforma do trabalho escravo.

O Grito dos Excluídos é uma manifestação popular que todos os anos leva para as ruas de diversas cidades brasileiras pessoas e grupos comprometidos com as causas dos excluídos/as. A mobilização tem três sentidos principais: denunciar o modelo político e econômico que concentra riquezas e renda e condena milhões à exclusão social; tornar público o rosto desfigurado dos grupos excluídos, vítimas do desemprego, da miséria e da fome; e propor caminhos alternativos ao modelo econômico neoliberal, de forma a desenvolver uma política de inclusão social com a participação ampla de todos os cidadãos e cidadãs.

Todos os anos, desde 1995, o Grito dos Excluídos acontece no dia 7 de setembro – Dia da Independência brasileira – para mostrar que a população do país não está satisfeita apenas com uma independência “politicamente formal”, mas deseja uma verdadeira independência, que passa pela soberania da nação, com a implementação de políticas públicas de forma autônoma e livre.

A reunião serviu também para encaminhar as questões mais urgentes sobre a Romaria da Terra e da Agua do Piauí, que ira ocorrer nos dia 01 e 02 de agosto de 2015, em local a ser definido.

DSC01414