Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Cáritas Diocesana de Picos esteve reunida na manhã da terça-feira (11/02/2014), das 08h00 ao meio dia, no Centro de Pastoral da Paróquia São Francisco de Assis, no Bairro Junco – Picos (PI), para planejamento das ações para 2014, de acordo as suas prioridades.

No início do encontro houve um momento de espiritualidade, refletida com base na realidade das ações desenvolvidas pela Cáritas. No momento da recordação da vida, foi destacada a distribuição de alimentos às famílias necessitadas e vitimas da seca, o acompanhamento do “povo de rua”, o apoio às pessoas da terceira idade participantes do Núcleo de Estudos da Terceira Idade (NETI) promovido pela Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Na avaliação foi salientado que a Cáritas tem mantido sua metodologia de trabalho, levando em conta as prioridades assumidas. O foco de trabalho em 2013 foi a atuação em todas as esferas para acompanhamento humana em na três prioridades: Promoção e fortalecimento de iniciativas locais e territoriais para o desenvolvimento solidário e sustentável; Defesa e promoção de direitos, mobilização e controle social das políticas públicas; Trabalhar a organização e fortalecimento da Rede Cáritas.

O Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) deve continuar nos mesmos municípios. Fortalecimento do grupo de artesanato vai continuar como também o atendimento aos idosos na sede da Cáritas. No entanto, precisa-se de mais pessoas voluntárias para ajudar.

Quanto ao acompanhamento à população de rua, foi assumido o compromisso de continuar com os encontros e o café da manhã além da criação de um projeto para construção da casa de passagem dos moradores de rua.

Adonias cáritas piauí

O representante da Cáritas Regional, Adonias Moura Rodrigues, informou que a Cáritas quer fazer um encontro estadual sobre o “Povo de Rua”. O encontro ficou agendado para o dia 27/08/2014, no Centro de Treinamento Diocesano (CTD), em Picos (PI). Nesse encontro será apresentado o projeto de construção da construção da casa de passagem dos moradores de rua. A Cáritas Regional pretende fazer uma oficina com as Cáritas Diocesana para elaboração de projetos em prol dos moradores de rua.

Foi informado também que, depois que mudou de gestão no município de Picos, o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência está parado. É possível que nem esteja mais existindo. A meta é lutar para que seja reativado e passe a atuar novamente. Para isso, foi proposto fazer uma parceria com o Conselho Estadual para reativar o Conselho Municipal.

As Irmãs Calvarianas vão desenvolver um trabalho de acompanhamento a Pessoas com Deficiências Auditivas na comunidade de Várzea Queimada, município de Jaicós (PI). A Cáritas Diocesana pode acompanhar também desse projeto.

O Programa da Infância, Adolescência e Juventude, com o Projeto adolescendo que atua desde 2006, no bairro Morada do Sol, com ações voltadas para o combate a gravidez na adolescência e a cidadania, precisa do apoio da Juventude Diocesana para inserir os beneficiados nas atividades da Pastoral da Juventude.

Neste ano de 2014, as atividades da Cáritas Diocesana precisam ser inseridas na temática da  Campanha da Fraternidade 2014. Nas discursões do tema, a Cáritas deve trazer a temática na perspectiva de participação da comunidade local, Fraternidade e Tráfico de Pessoas Humanas, no sentido de esclarecer as pessoas sobre os riscos de se tornarem vítimas desse tipo de crime.

Ficou acertado que no dia 22/05/2014, membros da Cártitas Regional do Piauí juntamente com a Cáritas Diocesana de Picos farão uma visita às famílias da comunidade Baixa dos Belos, município de Curral Novo do Piauí, onde se encontra uma das maiores reservas de minério de ferro do Nordeste. A finalidade da visita é conversar com os moradores e proprietários das terras da área sobre o processo da exploração do minério e os impactos ambientais causados pela mineração que possam vir a acontecer.

Vale lembrar que, no dia 15/05/2013, o Bispo Diocesano de Picos, juntamente com alguns padres da Diocese, estiveram no local e constataram a preocupação da população sobre a forma com a qual estão sendo abordados por representantes das companhias mineradoras com propostas de compra das terras. As informações colhidas durante a visita da Cáritas serão discutidas no Seminário Estadual sobre Mineração, que acontecerá nos dias 22 e 23/08/ 2014, em Paulistana (PI). promovido pela Cáritas Regional.

Sobre este assunto, veja mais informações no link abaixo:

http://www.folhapicoense.com.br/noticia_detalhe.php?id=2553