Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Diocese de Picos, através da Equipe Diocesana de Campanhas, realizou nos dias 14 e 15 de janeiro, no Centro de Treinamento Diocesano – CTD, em Picos, o Seminário de Repasse da Campanha da Fraternidade 2017, que traz o tema, “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e lema “Cultivar e guardar a criação”.

Cerca de 40 pessoas das paróquias e áreas pastorais participaram do encontro que contou com a presença do coordenador da equipe diocesana de campanhas, Pe. Feliciano dos Santos Dias e com assessoria da coordenadora de campanhas da CNBB do Regional Nordeste IV, Francisca Machado. Também participam de alguns momentos, o bispo de Picos, Dom Plínio José Luz da Silva e o pároco da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, Pe. Francisco Pereira Borges.dsc_0360

Nos dois dias houve estudo e reflexão acerca da temática proposta. “Conversamos e discutimos sobre os biomas piauienses, Cerrado e Caatinga, para que todo mundo conhecesse a nossa realidade”, disse Francisca Machado.

Conforme a assessora, todo o conteúdo abordado foi norteado na Encíclica Laudato Si do Papa Francisco, na qual critica o consumismo e desenvolvimento irresponsável e faz um apelo à mudança e à unificação global das ações para combater a degradação ambiental e as alterações climáticas.

Como encaminhamentos, cada paróquia e área pastoral levou um projeto com três metas a serem implementadas, sendo elas: provocar ao poder público e a sociedade a questão do saneamento básico, o replantio de plantas nativas e o cuidado com os rios e a mata siliar. Além do projeto, cada participante ficou responsável de fazer um levantamento na sua paróquia ou área pastoral da situação em que se encontra o bioma local, fazendo com que todas as pessoas tenham o conhecimento e convivam melhor mediante a sua realidade.

Com informações e fotos PASCOM diocesana de Picos