A Arquidiocese de Teresina celebrou na Segunda-Feira Santa, dia 26 de março de 2018, a Missa Crismal, também conhecida como Missa dos Santos Óleos. A eucaristia foi presidida por arcebispo, Dom Jacinto Brito, na Catedral de Nossa Senhora das Dores. O momento de fé contou com a participação efetiva do povo de Deus e integra as festividades da Semana Santa em nossa cidade.

“Este é um momento de celebrar a unidade da Igreja. Pedimos o Santo Espírito de Deus para a benção e consagração dos óleos. Meu desejo é que o Espírito desça com toda a força para nos lembrar que somos um só. Somos o corpo da Mãe Igreja que tem Cristo como cabeça. Por isso não podemos fraquejar por polêmicas ou situações que aparecem em nosso cotidiano”, disse o arcebispo.

santos oleos 18 (4)Foi neste momento de fé que os óleos que serão utilizados no Batismo e Crisma foram abençoados e o óleo da Unção dos Enfermos foi consagrado. Os óleos vão ser utilizados durante todo o ano de 2018 até a páscoa do próximo ano. A participação popular foi efetiva. A Catedral estava lotada.

A missa reuniu, ainda, parte significativa do clero arquidiocesano concelebrando com o bispo. Tudo porque a eucaristia também marcou a renovação dos votos sacerdotais dos religiosos que estavam presentes. Momento de grande fé e devoção. A tradição mostra que a missa pela renovação dos votos sacerdotais é celebrada na Quinta-Feira Santa, mas para se adequar a realidades pastorais pode ser transferida de data segundo discernimento da autoridade eclesial. Este é o caso observado na Arquidiocese de Teresina.

santos oleos 18 (2)“É uma alegria participar deste momento. É em situações como esta que renovamos nosso compromisso com a sociedade, e com Cristo, de sempre estarmos envolvidos com a divulgação do Santo Evangelho. Tudo isso por amor a Jesus e por amor ao outro”, avalia o pároco de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Água Branca (PI), padre Francimilson de Holanda.

A celebração marcou, ainda, o jubileu de Ouro de ordenação sacerdotal de Dom Martinho Costa, e o jubileu de prata de ordenação sacerdotal dos padres José de Pinho, Pedro Alcântara, Osório Barbosa e Mariano Alves. O diácono Roberto Caminho também celebrou 25 anos de ordenação diaconal.