Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

 

Presente na 56ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a editora ‘Edições CNBB’, referência em língua portuguesa das produções da Santa Sé, do CELAM, da CNBB e de outras instâncias da Igreja, trouxe para o evento seus recentes lançamentos. De acordo com monsenhor Jamil Alves de Souza, diretor geral da editora, a Edições CNBB foi criada pelos bispos do Brasil tendo como sua principal função a evangelização através da propagação da leitura da Palavra de Deus, a Doutrina da Igreja e seu Magistério.

A presença das Edições CNBB na 56ª Assembleia Geral da CNBB é algo quase que umbilical. Onde a CNBB está também está aquela que é a voz da Conferência no mundo literário”, declarou o diretor. Monsenhor Jamil disse, ainda, que “desde sua criação, a editora nunca deixou de estar presente nas Assembleias Gerais  e colaborar com aquilo que é próprio da sua missão”.

Novas Produções

Durante a 56ª Assembleia Geral, as Edições CNBB, lançou vários novos produtos. Segundo monsenhor Jamil, o grande destaque de vendas durante o evento é a exortação apostólica do papa Francisco sobre o chamada à santidade no mundo atual, ‘Gaudete et Exsultate’. “A exortação não é apenas para os consagrados, mas para todo o povo de Deus, trazendo a santidade como uma gratuidade dada por Deus”, disse.

Outro destaque feito pelo monsenhor é o lançamento do e Estudo 111 da CNBB: Diretrizes Pastorais para as Mídias Católicas – Imprensa, Rádio, TV e Novas Mídias. O estudo foi apresentado para os bispos na manhã desta terça-feira, 17 de abril, pelo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, dom Darci José Nacioli.

Conheça outros produtos das Edições CNBB acessando o portal www.edicoescnbb.com.br.