Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Na tarde de domingo, 5 de março, chegaram a cidade de Sussuapara, Diocese de Picos (PI), as Irmãs da Companhia Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo para abertura da comunidade Nossa Senhora da Missão na referida cidade. As novas religiosas são, Mariana Silva Franco, Lúcia Leila Silveira e Maria da Consolação Rodrigues Aires.

Acompanhadas da visitadora da província de Fortaleza (CE), Ir. Ana Amélia Guedes da Cunha, as religiosas foram acolhidas pelo bispo de Picos, Dom Plínio José Luz da Silva; pelo administrador paroquial, Pe. Paulo Henrique, por religiosas de outras congregações, bem como diversas pessoas das comunidades e da sede de Sussuapara (PI).

Após a recepção, aconteceu às 16h a missa na igreja de São Sebastião presidida por Dom Plínio e concelebrada pelos padres, Paulo Henrique da Silva Oliveira, Adalto Vieira dos Santos Filho, Sebastião Francisco dos Santos e Francisco Pereira Borges.

Em sua homilia Dom Plínio refletiu a liturgia do dia e afirmou ser uma graça especial de Deus a realização de um sonho de colocar mais um recurso humano para servir ao povo de Deus, que são as religiosas “Baseados nos princípios evangélicos, pobreza, castidade e obediência as religiosas da vida consagrada é um sinal de Deus, porque deixam tudo para servir os pobres através do serviço”, disse.

No momento pós-comunhão, a provincial, Ir. Ana Amélia agradeceu a Dom Plínio e ao Padre Paulo Henrique pela acolhida e afirmou: “é um motivo de alegria e uma realização muito grande para nós, sobretudo neste ano em que estamos celebrando 400 anos de fundação do nosso carisma. Rogo a Deus para que nossa permaneça aqui seja um tempo de graça de Deus”.

Ao término, a comunidade seguiu em caminhada até a casa das religiosas onde aconteceu a benção da casa e a entronização do Santíssimo Sacramento.

A vinda da Companhia para a Diocese de Picos especifica para Sussuapara, foi uma solicitação do bispo diocesano, Dom Plínio José Luz da Silva, mediante a necessidade pastoral da comunidade. Até então o município estava sendo acompanhado pastoralmente pelo administrador paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Bocaina, Pe. Paulo Henrique Oliveira.

A partir de agora a Diocese conta com oito congregações religiosas. O trabalho das irmãs só vem somar com a colaboração indispensável de todos os padres da diocese.

Fonte: PASCOM diocesana de Picos