Celebrações nesta Quarta-feira de Cinzas marcam o lançamento da Campanha da Fraternidade nas dioceses do Piauí. Inspirada na Encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti, a Campanha da Fraternidade (CF) de 2024 tem como tema “Fraternidade e Amizade Social” e lema “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt. 23, 8). As missas deste dia também marcam a abertura do Tempo Quaresmal na Igreja.

Santa Missa com a Imposição das Cinzas na catedral de Santo Antonio, em Campo Maior. (Foto Ryan Andrade)
Santa Missa com a Imposição das Cinzas na catedral de Santo Antonio, em Campo Maior. (Foto: Ryan Andrade)

Na Arquidiocese de Teresina o lançamento oficial da Campanha da Fraternidade vai acontecer nesta quinta-feira, dia 15 de fevereiro, a partir das 08h, na Residência Episcopal. Já o lançamento oficial para toda a comunidade vai acontecer no dia 17 de fevereiro, às 19h, durante a celebração da Santa Missa na Igreja Matriz de São José Operário, no bairro Vila Operária, zona norte da capital.

O bispo de Bom Jesus do Gurgueia, Dom Marcos Tavoni, destacou que a temática proposta pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil é uma oportunidade para a vivência de fraternidade universal: “A Igreja no Brasil, através da CNBB, nos propõe a CF, que é o nosso gesto concreto, um convite à conversão e à caridade. Neste ano, vamos refletir a Amizade Social para superar os extremismos, as divisões e as ideologias. Voltemos nossos corações para o Senhor na esperança de construirmos um mundo melhor, onde todos tenham vida e vida em abundância”, disse.

Para o bispo de Picos, Dom Plínio Luz, a proposta da campanha é colocar a amizade social como contraponto ao processo de divisão, ódio, guerras e a indiferença que marcam a sociedade: “Diante de tanto isolamento, radicalismos, conflitos e exclusão, a Igreja nos faz um convite para uma conversão espiritual, mas também social. Somente assim poderemos enxergar verdadeiramente o valor e a beleza da fraternidade humana, fortalecendo os vínculos e vivenciando a Quaresma conscientes de fé e de amor ao próximo”, falou.

A Campanha da Fraternidade

A Campanha da Fraternidade é uma proposta evangelizadora da Igreja Católica no Brasil, em preparação para a páscoa, voltada à conversão pessoal e comunitária. Desde o ano de 1964, contribui para a renovação da vida da Igreja e a transformação da sociedade, a partir de problemas específicos, tratados à luz do projeto de Deus. Além de um chamado à conversão, incentiva a prática de gestos concretos de fraternidade em prol da transformação de situações injustas e não cristãs.

Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

Visando tornar a coleta do Domingo de Ramos ou Coleta da Solidariedade, eficaz instrumento de solidariedade, em 1998, na 36° Assembleia Geral, a CNBB criou o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) (40% da coleta), o FNS, fruto do gesto concreto dos cristãos, assume o compromisso social, como importante instrumento para apoio a iniciativas de enfrentamento das condições de pobreza e miséria. O Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS) (60% da coleta) permanecem na diocese de origem, os recursos são destinados ao apoio a projetos locais de enfrentamento da miséria e da exclusão social.

Com informações da CNBB