Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Gesto concreto da Campanha da Fraternidade (CF), a Coleta da Solidariedade é realizada em âmbito nacional, todos os anos, no Domingo de Ramos. Em 2022, acontecerá no dia 10 de abril. Os recursos arrecadados integram os Fundos Diocesanos e Nacional de Solidariedade que têm contribuído para a promoção da dignidade humana, o compromisso com os pobres e a vida plena.

Cartaz da CF 2022

Neste ano, a Campanha da Fraternidade tem como tema “Fraternidade e Educação” e o lema “Fala com sabedoria, ensina com amor”  (Pr 31,26). Seu início se dará na abertura da Quaresma, dia 2 de março, na Quarta-Feira de Cinzas.

A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) destaca que “a Quaresma é um tempo favorável para a conversão do coração ” e que a a CF, realizada pela Igreja no Brasil desde 1964, tem como propósito ser um caminho para que os cristãos vivam a espiritualidade quaresmal com o sentido de mudança e transformação pessoal rumo à solidariedade a um problema concreto da sociedade brasileira.

Em 2022 será a terceira vez que a Igreja no Brasil vai aprofundar o tema da educação em uma Campanha da Fraternidade. Desta vez, a reflexão será impulsionada pelo Pacto Educativo Global, convocado pelo Papa Francisco.

“Ao longo da  caminhada quaresmal, em que a conversão se faz meta primeira, recebemos o convite para busca os motivos de nossas escolhas em todas as ações e, por certo, naquelas que dizem respeito mais diretamente ao mundo da educação”, convida a presidência da CNBB.

Deste modo, a Campanha da Fraternidade de 2022 convida a todos a promover diálogos a partir da realidade educativa do Brasil, à luz da fé cristã, propondo caminhos em favor do humanismo integral e solidário.

Participe da Coleta da Solidariedade

Do total arrecadado na Coleta para a Solidariedade, 60% fica na própria diocese e é gerido pelo Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS) com o objetivo de apoiar iniciativas e projetos locais. Os outros 40% compõem o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS), que é administrado pelo Departamento Social da CNBB, sob a orientação do Conselho Gestor da CNBB.

Bispo, padres, religiosos(as), lideranças leigas, agentes de pastoral, colégios católicos e movimentos eclesiais são os principais motivadores e animadores da Campanha da Fraternidade em suas comunidades, paróquias e dioceses.

A Igreja espera que todos participem oferecendo sua solidariedade em favor das pessoas, grupos e comunidades, pois “ao longo de uma história de solidariedade e compromisso com as incontáveis vítimas das inúmeras formas de destruição da vida, a Igreja se reconhece servidora do Deus da vida”.

O Dia Nacional da Coleta será no próximo 10 de abril, Domingo de Ramos. Os fieis poderão realizar suas doações, para aplicação em projetos sociais, na conta indicada abaixo, ao longo de todo o ano. O comprovante do depósito precisa ser enviado por e-mail para [email protected]

Banco Bradesco
Agência: 0484-7
Conta corrente: 4188-2 (CNBB)
CNPJ: 33.685.686/0001-50

Outras informações sobre a Campanha podem ser consultadas em: https://campanhas.cnbb.org.br/

Subsídios

A cada ano, o Setor de Campanhas da Conferência Nacional dos Bispos dos Brasil (CNBB) com a Edições CNBB produzem e preparam uma série de subsídios para diferentes públicos com o objetivo de promover, a partir de diferentes realidades, a reflexão e a ações propostas em torno da Campanha da Fraternidade. Estes subsídios estão agrupados no Manual da CF 2022.

Saiba mais: