Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Dom Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR

Por mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica

Bispo de Campo Maior

 

Ao Clero, seminaristas, religiosos e religiosas e todos os fiéis leigos e leigas! Paz e benção no Senhor Jesus Cristo!

CONSTRUTORES DA ESPERANÇA

Nota diocesana sobre prevenção e combate ao Coronavírus

Construtores da esperança! Nestes tempos difíceis em que estamos, somos chamados a edificar uma sociedade sob a égide da esperança, pois estamos certos que como Igreja, devemos proteger o nosso povo, que precisa de amparo num tempo ávido de esperança.

“Corações ao Alto!” Nesta Quaresma mantenhamos os nossos “olhos fixos no Senhor, autor e consumador da nossa fé” (Hb 12,2). O próprio Senhor, por meio da Igreja, nos convoca à refletir sobre o respeito e a dignidade da vida humana, desde a sua concepção até o seu declínio natural. Na parábola do Bom Samaritano, Jesus nos ensina se a contemplação do outro, onde sentimos em nós mesmos, as dores de outrem. Eis o significado da compaixão: sentir em dentro de si, a dor do outro: “Viu, sentiu compaixão e cuido dele” (Lc 10,33-24).

Como promotores da esperança, evitemos que o medo seja mais forte que a vida. Deus está conosco! A Igreja e seus pastores, caminham com o seu povo. Diante da conjuntura global, ferida pela pandemia da COVID-19 – o “novo coronavírus” – manifestamos a todos que como Igreja, estamos juntos ao nosso povo. Por isso, seguindo as orientações de vigilância sanitária dos Governos Federais e Estaduais, e em comunhão com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), nos dispomos à viver em quarentena pela saúde, em união com a quaresma caminhando para a Páscoa do Senhor. Confiando ao Senhor nossa vida, vivendo “a quarenta na quaresma” por meio das orações, leitura da Palavra e convivência em família, nossa Diocese, comunica e determina:

  1. O cancelamento das atividades pastorais pelo prazo de 15 dias, tais como: festejos, encontros, visitas aos idosos e mutirões de confissão (Dia do Perdão), vias sacras nas ruas;
  2. Estão mantidas as missas nas igrejas matrizes, porém, encorajamos os presbíteros que celebrem mais missas em horários diferentes, sobretudo aos domingos, para evitar a aglomeração de pessoas em número que exceda o estabelecido por meio do decreto estadual nº 18.884 – 16/03/2020;
  3. Dispensamos da obrigação do preceito dominical, segundo o cân. 1247 do Código de Direito Canônico, as pessoas consideradas do “grupo de riscos”: idosos, pessoas com problemas cardiovasculares, diabéticos e lactentes. Neste sentido, intensifique-se o trabalho pastoral da PASCOM, para que as pessoas possam “assistir” ou “ouvir” a Santa Missa, conduzindo-os à comunhão espiritual, tão rica e necessária;
  4. A comunhão seja ministrada na mão dos fiéis, e por precaução, evitemos os gestos de mãos dadas e o abraço da paz;
  5. Mantenhamos nossas igrejas sempre higienizadas;
  6. Recomendamos aos fiéis, que seja observado os decretos de prevenção emitidos pelas autoridades públicas: lavar as mãos com água e detergente, o uso do álcool em gel, o consumo de vitamina C e a permanência em casa.

Aproveitemos essa mudança em nossa rotina, para vivermos em família: de maneira especial, rezando o Terço e lendo juntos a Bíblia Convocamos toda a nossa Diocese de Campo Maior, para um dia de oração, marcado para o dia 25 de março, Solenidade da Anunciação do Senhor.

Suscitar a fé! Construir a esperança! Renovar o amor! Fiquemos juntos, na oração e na esperança da luz do Ressuscitado, que dissipa as trevas e o medo. Como Maria e os Apóstolos, que aguardaram a vinda do Espírito, queremos imitar à Mae de Deus, e vigilantes aguardamos o Paráclito, “consolo que acalma, hóspede da alma; que lava o sujo e dá saúde dos doentes”.

Dado e passado na Cúria Diocesana de Campo Maior, no dia dezoito do mês de março do ano de dois mil e vinte sob Nosso Sinal e selo de Nossa Chancelaria.

 

Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR

Bispo de Campo Maior

Pe. Alcindo Saraiva Martins

Chanceler da Cúria Diocesana