Notícias da Diocese

Decreto da Diocese de Campo Maior sobre a Celebração da Solenidade de Corpus Christi

Dom Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR

Por mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica

Bispo de Campo Maior

Ao Povo de Deus da Diocese de Campo Maior, paz e benção no Senhor Jesus Cristo!

“PENHOR DA GLÓRIA FUTURA”

“Penhor da glória futura!” Esta é uma belíssima antífona vespertina que a Igreja canta na Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo (Corpus Christi). Encontramos também no Catecismo da Igreja Católica § 1402, esta belíssima definição do Sacramento da Eucaristia.

Jesus, ao instituir os Sacramentos, nos garante a participação em sua vida, paixão, morte e ressurreição. A Eucaristia, memorial da Páscoa do Senhor, nos cumula “todas as graças e bênçãos do céu” (Cânon Romano), e nos garante participar da glória de Jesus, promessa assegurada pelo próprio Senhor: “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue, permanece em mim e eu nele” (Jo 6,56). Na Eucaristia, participamos da intimidade divina (“e eu nele”), pois está unido a ele pela participação no Banquete Redentor.

Na primeira quinta-feira depois da Solenidade da Santíssima Trindade, celebramos a Solenidade de Corpus Christi. A Igreja celebra o Augustíssimo Sacramento, levando-O numa procissão pública pelas ruas das paróquias. Os fiéis, seguindo uma belíssima tradição, confeccionam tapetes para a procissão do Santíssimo.

Este ano, surpreendidos com a pandemia do novo coronavírus, estamos sob a guia das nossas autoridades públicas, que decretaram o isolamento social para conter o avanço da contaminação. E nós, cumprindo as determinações da Secretaria Estadual de Saúde, considerando as orientações da Presidência do Regional Nordeste IV da CNBB e do Conselho Presbiteral de nossa Diocese, decidimos que:

  1. A Celebração da Solenidade de Corpus Christi deve ser celebrada dentro da Igreja, com a participação da equipe de liturgia, respeitando todos os critérios de espaço e higienização;
  1. A Santa Missa deverá ser transmitida pelas redes sociais da Paróquia (PASCOM);
  1. NÃO HAVERÁ PROCISSÃO PÚBLICA COM O SANTÍSSIMO SACRAMENTO;
  1. Durante o dia 11 de junho, as Paróquias podem organizar um dia inteiro de Adoração ao Santíssimo Sacramento, revezando num escala entre os grupos e pastorais. Sejam observadas as regras sanitárias e que não ultrapasse o número de cinco pessoas em cada horário das escalas paroquiais;
  1. Como gesto concreto, cada fiel ao fazer sua adoração, seja motivado a levar ao local de adoração, uma doação em alimentos em prol das pessoas mais necessitadas.

Queridos irmãos e irmãs, nestes tempos sombrios, saibamos dar razões de nossa esperança (cf. 1Pd 3,15). Sempre que a Igreja celebra a Eucaristia, lembra-se desta promessa, e o seu olhar volta-se para “Aquele que vem” (Ap 1,4). Com efeito, cada vez que se celebra este mistério, “realiza-se a obra da nossa redenção” (Lumen Gentium, 3) e nós “partimos o mesmo pão, que é remédio de imortalidade, antídoto para não morrer, mas viver em Jesus Cristo para sempre” (Santo Inácio de Antioquia – Carta aos Efésios 20,2).

Dado e passado na Cúria Diocesana de Campo Maior, no dia vinte e cinco de maio do ano de dois mil e vinte, sob Nosso Sinal e selo de Nossa Chancelaria.

+ Francisco de Assis Gabriel dos Santos, CSsR

Bispo de Campo Maior

Pe. Alcindo Saraiva Martins

Chanceler da Cúria Diocesana

Tags

Instagram

Redes Sociais

Participe de nossas redes sociais: curta, comente e compartilhe com todos!

Doação

BANCO DO BRASIL

AGENCIA: 3285

CONTA: 89624-1

Newsletter

Parceiros