A Diocese de Parnaíba celebrou, no período de 29 de agosto a 08 de setembro, as festividades da sua padroeira, Nossa Senhora Mãe da Divina Graça. Neste ano de 2023, o tema da festa foi “Vocacionada do Pai, coração ardente de amor”. O bispo emérito de Parnaíba, dom Alfredo Schaffler presidiu a celebração solene, no encerramento das festividades.

Em sua homilia, dom Alfredo destacou que a comunidade deve assumir um compromisso com a vivência da verdadeira fé, que se manifesta através de uma postura de oração, mas também de serviço e de doação:

“Diante dos desequilíbrios e contradições da vida, Maria nos mostra seu Filho, que veio ao mundo para testemunhar o amor. Ele nos convida a olhar para as necessidades do outro, sobretudo, daqueles que estão fechados, no isolamento, para que se aproximem de Deus, e nos convida a uma vida de oração, de fé. A fé sempre se expressa pelo serviço, pela doação, mas também pelo testemunho de santidade”, disse.

Ainda de acordo com dom Alfredo assumir uma identidade verdadeiramente cristã exige de cada um de nós a capacidade de superar os muros da indiferença, do individualismo e do descarte: “Aproveitemos a festa da nossa padroeira para renovar a nossa fé. Este é o sentido da festa. Que saiamos daqui como portadores da esperança e optemos pelo caminho da santidade e não das conveniências como o mundo ensina. Somos chamados a ser sinal do amor de Deus, a construir pontes e a desfazer os muros”, falou.

As festividades de Nossa Senhora Mãe da Divina Graça encerraram na última sexta-feira com a Caminhada com Maria. Milhares de devotos seguiram em procissão com a imagem da padroeira por algumas ruas da cidade.

Fotos: Celene Fontinele