Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Em clima de orações, especialmente, a Celebração Eucaristia, estudos, trabalhos em grupo e partilha de experiências, a Diocese de Picos realizou, no período de 08 a 10/11/2019, a 43ª Diocese Assembleia Diocesana de Pastoral. O evento aconteceu no Centro de Treinamento Diocesano (CTD) e contou com a participação do bispo diocesano, padres, religiosas, seminaristas, leigos e leigas. O objetivo foi avaliar a caminhada pastoral de 2019 e planejar as atividades para o ano 2020, à luz das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023.

A assessoria do Encontro foi assumida pelo Revmo. Pe. Clodomiro de Sousa e Silva, Diretor do Instituto Católico de Estudos Superiores do Piauí (ICESPI), que abordou o Documento 109 da CNBB, que destaca a ação evangelizadora a partir da compreensão das comunidades eclesiais missionárias como “casa”, lugar de encontro fraterno com Deus e com os irmãos, lugar da ternura, do anúncio e do envio para a missão, edificada sobre os pilares da Palavra, do Pão, da Caridade e da Missão.

O Documento 109 é foi construído e aprovado pela 57ª Assembleia Geral da CNBB e tem por objetivo geral “evangelizar no Brasil cada vez mais urbano, pelo anúncio da Palavra de Deus, formando discípulos e discípulas Jesus Cristo, em comunidades eclesiais missionárias, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, cuidando da Casa Comum e testemunhando o Reino de Deus rumo à plenitude”.

Após a exposição do Pe. Clodomiro Sousa sobre as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023, o Pe. Francisco Wagner Carvalho, apresentou o Instrumento de Trabalho, isto é, o Projeto do Plano Diocesano de Pastoral da Diocese para o ano de 2020, estruturado a partir dos pilares propostos pelas diretrizes para o estudo e debate pelos membros da Assembleia. No final da exposição, foi feito um trabalho em grupo para socialização entre os oito zonais da Diocese onde foram colhidas propostas de ações para edificação do Plano Diocesano de Pastoral 20120.

No final da assembleia foi divulgada uma Carta com uma lista de compromissos assumidos para o ano de 2020, conforme segue abaixo:

Pilar da Palavra: incentivar a criação de escolas paroquiais para a formação dos leigos e leigas de nossas comunidades e motivar a participação dos fiéis no Ministério da Palavra, evitando, por parte dos candidatos, a centralização de funções pastorais; implantar a metodologia da Iniciação à Vida Cristã (IVC) na vida pastoral das comunidades.

Pilar do Pão: criar e motivar nas paróquias e áreas pastorais a Pastoral Litúrgica, cujo objetivo é acompanhar, orientar e dinamizar as celebrações litúrgicas, tornando-as ainda mais dignas e participativas.

Pilar da Caridade: Fortalecer a ação da Cáritas Diocesana de Picos (CDPD) e, consequentemente, as Cáritas Paroquiais, em vista de uma ação caritativa que transforme a vida da pessoa humana, especialmente os mais pobres e sofredores da sociedade.

Pilar da Missão: Implantar nas paróquias os Conselhos Missionários Paroquiais (COMIPAs), no intuito de despertar todo batizado para a missão. Dar especial atenção ao acompanhamento das famílias e da juventude nas comunidades.

A conclusão da Assembleia se deu na manhã de Domingo (10/11), às 11:00h, com o almoço. Em seguida, todos os participantes retornaram às suas paróquias e áreas pastorais para colocarem em prática os encaminhamentos apontados pela Assembleia na Carta Compromisso e no Plano Pastoral Paroquial que será construído pela Coordenação de Pastoral Diocesana e entregue às paróquias e áreas pastorais até o dia 27/12/2019.

fonte: site da diocese de picos