Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

“Discernir” é o verbo que vai conduzir as reflexões do segundo encontro da formação sobre a Campanha da Fraternidade (CF) 2022 que a Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) promove virtualmente na segunda-feira, 14, às 20h, nas redes sociais da Pastoral Familiar (Facebook e  youtube).

Trata-se de uma formação estruturada nos três verbos que conduzem a organização da CF 2022: “Escutar, Discernir e Agir”. A Campanha da Fraternidade 2022 deste ano aprofunda o tema é “Fraternidade e Educação” e o lema “Fala com sabedoria, ensina com amor” (Cf Pr 31,26).

O assessor da segunda live de formação será o padre da diocese de Campanha (MG) Jean Poul Hansen. Ele abordará os elementos  do ponto 3 do Texto-Base da CF 2022 relativos ao “discernimento” com apresentação de reflexões que buscarão iluminar a realidade à luz dos critérios da fé e da tradição cristã.

 

 

Educação e Pacto Educativo Global

Tema do 10º Simpósio Nacional das Famílias, em 2020, a educação já tem sido objeto de reflexão da Pastoral Familiar, inclusive considerando a proposta do Pacto Educativo Global que o Papa Francisco tem motivado.

Segundo  o assessor da Comissão Episcopal para a Vida e a Família da CNBB e secretário executivo da CNPF, padre Crispim Guimarães “a intenção da jornada formativa com os três encontros é aprofundar as reflexões contidas no texto-base da campanha a partir dos verbos “escutar, discernir e propor”. A Pastoral Familiar espera que a partir desta formação, “o seus agentes se insiram nas comunidades, nas nossas paróquias, ajudando as paróquias com essa reflexão”.

“A Campanha da Fraternidade nos recorda que educar não é um ato isolado. É encontro no qual todos são educadores e educandos. É tarefa da própria pessoa, da família, da escola, da Igreja e de toda a sociedade. Afinal, como nos ensina o conhecido provérbio de origem africana, ‘é preciso uma aldeia para se educar uma criança’.”

Apresentação – Texto Base CF 2022

Saiba mais:

O primeiro encontro, realizado dia 7 de fevereiro, com assessoria do sub-secretário Geral da CNBB e coordenador de campanhas da entidade, Patriky Samuel Batista, aprofundou a primeira parte do texto-base da CF 2022, com o verbo “Escutar”.

Tags: