O bispo da Diocese de Campo Maior e vice-presidente do Regional Nordeste 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Francisco de Assis Gabriel dos Santos, foi homenageado com o Título de Cidadania Piauiense, neste domingo, 11 de dezembro. A entrega oficial da honraria aconteceu durante celebração solene, na catedral de Santo Antonio em Campo Maior. A proponente, deputada Teresa Brito, participou da solenidade.

A deputada Teresa Brito destacou os trabalhos sociais promovidos por Dom Francisco e reforçou o compromisso do bispo com projetos que garantem caridade, integração social e geração de renda.

“É uma felicidade para mim poder entregar a Dom Francisco esse título que é o reconhecimento dos muitos serviços prestados ao povo de Campo Maior. Ele tornou-se um ícone quanto a trabalhos sociais de relevância desenvolvidos em prol, sobretudo, de crianças e adolescentes e da população mais vulnerável. Sempre com muita humildade, prudência e sabedoria, vem contribuindo com a transformação da realidade socioeconômica da juventude, proporcionando dignidade, cidadania e respeito”, destacou.

Dom Francisco agradeceu a homenagem e destacou alguns dos trabalhos sociais desempenhados pela Diocese de Campo Maior que têm ajudado a transformar a vida de crianças e adolescentes do município:

“Sinto-me muito honrado com a recepção do título honorífico de cidadão do Piauí. Cumpro minha missão como líder religioso e pastor de almas na Diocese de Campo Maior. Firmamos parcerias com o poder público que nos ajudaram na concretização do Lar da Juventude, uma escola de música e de canto para crianças e adolescentes. A Casa do Pão e da Palavra, um projeto juvenil com oficinas de panificação e confeitaria já em funcionamento. Também temos a Pastoral do Menor que atendes crianças e adolescentes com reforço escolar e merenda nos bairros mais vulneráveis de Campo Maior”, disse.

Biografia

Paraibano, natural da cidade de Esperança, Dom Francisco nasceu no dia 05 de fevereiro de 1968, em uma família simples com forte influência católica, sendo o terceiro filho de sete irmãos.

Sua formação religiosa e acadêmica foi toda recebida no Brasil. Em 1994 formou-se em Filosofia pelo Instituto Teológico e Pastoral, e em 1999 formou-se no grau de bacharel em Teologia pelo Instituto Teológico São Paulo, com diploma pelo Instituto Santo Anselmo, de Roma. Sua Ordenação Sacerdotal aconteceu em sua terra natal, no dia 22 de julho de 2000.

Em 2010 concluiu o curso de Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, chegando a produzir programas de rádio, entre eles, o “Caminhos da Fé”, da Rádio Olinda (PE) e a publicação “Dom Helder Abrindo Caminhos”.

Em 2017, atuando como vice provincial dos Redentoristas em Recife e pároco na paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Garanhuns (PE), veio a ser nomeado pelo Papa Francisco como novo bispo da Diocese de Campo Maior, no dia 21 de junho.

Ryan Andrade – Assessoria de Comunicação CNBB RegionaL NE 4