O monsenhor Ronilton Souza de Araújo foi ordenado bispo de São Raimundo Nonato, neste sábado (26), em ordenação episcopal presidida pelo bispo de Imperatriz-MA, dom Vilsom Basso, SCJ. A celebração aconteceu na Paróquia de São Francisco de Assis, em Ituiutaba-MG, e foi transmitida ao vivo através do Youtube da Diocese de Ituiutaba-MG. Assista.

Concelebraram o arcebispo emérito de São Salvador-BA, dom Murilo Sebastião R. Kieger, SCJ, e o bispo da Diocese de Jardim-MS, dom João Gilberto de Moura. Participaram também o bispo de Ituiutaba-MG, dom Irineu Andreassa; o arcebispo metropolitano de Teresina-PI, dom Juarez Marques Sousa da Silva; o bispo de Bom Jesus do Gurgueia, dom Marcos Tavoni; o bispo de Lins-SP, dom Francisco Carlos da Silva e o arcebispo metropolitano de Florianópolis-SC, dom Wilson Tadeu Jönck.

Bispos presentes na ordenação episcopal de mon. Ronilton Souza de Araújo. (Foto: Pascom Diocese de Ituiutaba)
Bispos presentes na ordenação episcopal de mon. Ronilton Souza de Araújo. (Foto: Pascom Diocese de Ituiutaba)

Estiveram presentes na cerimônia 19 padres do clero da Diocese de São Raimundo Nonato. Também estavam padres, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas e leigos e leigas, além de amigos e familiares de dom Ronilton Souza de Araújo.

Em sua homilia, dom Vilsom Basso destacou que dom Ronilton vai conduzir o governo pastoral da diocese de São Raimundo Nonato com solicitude, sabedoria e prudência:

“Na intimidade com o Senhor, vai encontrar o consolo, a luz e as forças necessárias para seguir na missão com fidelidade. Que brilhe em Ronilton o esplendor da santidade e a graça de conviver com alegria, entusiasmo e vigor missionário o serviço a ele confiado”, completou.

Representando o Clero da Diocese de São Raimundo Nonato, falou o padre Francisco Borges. Ele afirmou que Dom Ronilton não vai se arrepender de ter abraçado a missão de caminhar junto à porção do povo de Deus da Igreja de São Raimundo Nonato:

“A nomeação de Dom Ronilton é um grande presente que nos foi ofertado pelo Senhor. Somos um povo simples, mas cheio de fé, aguerrido e comprometido com a missão. Ele encontrará uma Igreja eminentemente missionária, repleta de virtudes, carismas e vocações”, disse.

Bastante emocionado, em seu primeiro pronunciamento como bispo, dom Ronilton destacou que está cheio do desejo de servir a parcela do povo de Deus presente em São Raimundo Nonato. Ele também agradeceu ao relevante serviço pastoral e missionário realizado pelo agora bispo emérito e administrador apostólico, dom Eduardo Zielski:

“Meu coração transborda de alegria e gratidão. Tenho comigo a partir de agora e bela e desafiadora missão de ensinar, santificar e guiar o povo de Deus. Sou chamado a inserir-me neste movimento de amor redentor, doando-me aos meus irmão com Cristo e como Cristo. Na dinâmica do Espírito Santo, iremos nos colocar em favor da construção do reino de Deus, pelos dons e pelo serviço”, completou.

Dom Ronilton foi nomeado bispo de São Raimundo Nonato no dia 19 de julho, pelo Papa Francisco, após pedido de renúncia, em razão de idade, apresentado por dom Eduardo Zielski ao governo pastoral da diocese. Ele será o 5º bispo diocesano da Igreja Particular de São Raimundo Nonato e tomará posse no dia 30 de setembro, em celebração na catedral, às 18h.