Com o tema ‘Vocação: um projeto de vida’, a Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) Nordeste 4, promoveu seu Encontro Regional. O evento aconteceu no Seminário Maior Sagrado Coração de Jesus, em Teresina-PI, de 17 a 18 de agosto.

O evento reuniu bispos, padres, promotores vocacionais, religiosos e seminaristas. (Foto: Ryan Andrade)
O evento reuniu bispos, padres, promotores vocacionais, religiosos e seminaristas. (Foto: Ryan Andrade)

Participaram o arcebispo de Teresina, dom Juarez Marques Sousa da Silva; o bispo de Campo Maior, dom Francisco de Assis; o bispo de Oeiras, dom Edilson Soares Nobre; o bispo de Floriano, dom Edivalter Andrade; o bispo de Picos, dom Plínio Luz, o administrador diocesano de Parnaíba, padre Edimar, o coordenador da OSIB no Regional Nordeste 4, padre Anderson Fábio e os assessores do encontro, irmã Maristela Ganasini e o padre Matthias J. A. Ham.

O encontro teve por objetivo avaliar e planejar o processo vocacional na Igreja do Piauí a partir das casas de formação. (Foto
O encontro teve por objetivo avaliar e planejar o processo vocacional na Igreja do Piauí a partir das casas de formação. (Foto: Ryan Andrade)

No evento estiveram presentes também padres formadores, promotores vocacionais, referenciais para religiosos e religiosas e seminaristas. De acordo com o coordenador da OSIB no Regional, padre Anderson, o encontro teve por objetivo avaliar e planejar a promoção das vocações, entre os diversos atores envolvidos no processo vocacional, a partir das casas de formação.

A irmã Maristela Ganasisi, das filhas do Sagrado Coração de Jesus, foi uma das assesoras do encontro
A irmã Maristela Ganasisi, das filhas do Sagrado Coração de Jesus, foi uma das assessoras do encontro (Foto: Ryan Andrade)

Para dom Francisco de Assis, as vocações se difundem na Igreja através da ação do Espírito Santo: “O Papa Francisco, ao propor o 3º Ano Vocacional na Igreja no Brasil, noz diz que as vocações são dons que germinam no terreno da vida, abre-nos a Deus, mas também aos outros, à comunidade, para partilhar a eles e com eles o tesouro da graça. É por meio desta graça, com os corações ardentes, que nos colocamos com os pés a caminho para anunciar o Evangelho e construir o reino de Deus”, disse.

Parte da representação presente no encontro
Parte da representação presente no encontro. (Foto: Dom Plínio Luz)

Segundo a assessora da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), da Congregação das Filhas do Sagrado Coração de Jesus, irmã Maristela, só encontramos o nosso caminho quando enxergamos um sentido, de preenchimento existencial e de alegria interior: “Não podemos falar de promoção e discernimento vocacional quando não temos a capacidade de amar, de cuidar de si próprios. É preciso estar numa perfeita sintonia afetiva e emocional, passando pelo cuidado consigo e com o outro, para podermos plantar as sementes e cultivar os frutos da evangelização”, falou.

Ryan Andrade – Assessoria do Regional