Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

 

Este ano (2019), a Novena de Natal, em nosso Regional Nordeste 4 – PI, em comunhão com nosso querido Papa Francisco, e em sintonia com as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, da CNBB – Conferência Nacional dos Bispos no Brasil, nos proporcionam através dos nove belíssimos encontros, o grande encontro com o Menino Deus.

Nos cinco primeiros encontros, vamos perceber como nossos bispos apresentam nas diretrizes, a imagem da casa na comunidade eclesial missionária. Casa de portas abertas como lugar que nos permite a entrada e a saída; o acolhimento e o envio. A Comunidade e a missão são dois eixos interligados. Os cristãos vivem em comunidade, assim como os irmãos na casa; onde apesar das diferenças e divergências, estabelecem vínculos muitas vezes mais fortes do que os vínculos de sangue (Lc 8,19-21). A experiência de fraternidade na comunidade precisa ser comunicada para ser mais fecunda. A comunidade gera a missão. Por sua vez, a missão gera mais comunidades, e nesse movimento, todos são chamados à conversão e à salvação.

Nos outros quatro encontros, podemos perceber que para continuar a missão; em vez de urgências como nas diretrizes anteriores, são identificados quatro pilares que dão sustentação à casa e à comunidade: a Palavra – Iniciação à Vida Cristã e animação bíblica; o Pão – liturgia e espiritualidade; o caridade –  serviço à vida plena; a Ação Missionária – estado permanente de missão.

Com a realização dos encontros da “Cartilha de Natal”, vamos percorrer o caminho litúrgico do Advento na unidade eclesial, refletindo, com simplicidade doméstica, as orientações dos Bispos sobre a nossa vivência cristã, de “sal da terra e luz do mundo” em nosso querido Piauí e em nosso Brasil “cada vez mais urbanos.”