Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

 

OEIRAS DE 5 A 15 DE AGOSTO 2021

 O tempo de pandemia perdura e exige de nós prudência, paciência, oração e atitudes. Todos nós da Diocese de Oeiras estamos nos sacrificando muito para garantir a segurança sanitária ao nosso povo. Eventos paroquiais, diocesanos e regionais foram cancelados. O povo de Deus tem vivido com muito sacrifício a sua experiência comunitária de fé, atividade essencial para superar esse momento difícil, e temos nos reinventado para compensar tal lacuna.

Destacamos que o momento atual ainda nos exige muita cautela, responsabilidade e cuidado, uma vez que a pandemia persiste e continua infectando muitas pessoas e ceifando muitas vidas, pois, a vacina chegou, mas a sua distribuição se dá de forma lenta.

No entanto, com o passar do tempo, podemos dar alguns passos adiante, sem comprometer a segurança sanitária. Portanto,

CONSIDERANDO os protocolos para prevenção da saúde pública instruídos pelos profissionais competentes para evitar a transmissão da COVID-19;

CONSIDERANDO os Decretos das autoridades competentes;

Orientamos aos paroquianos e fazemos saber que:

  1. Para se atingir um maior número de fiéis serão asseguradas, dentro do possível, as transmissões pelos veículos de comunicação (Instagram, Facebook, You tube Rádio). Todos os devotos são orientados a acompanhar de casa;
  2. As celebrações serão realizadas com o espírito de atividade religiosa próprio da padroeira da Cidade de Oeiras, da Diocese e do Piauí e não com carater de festa social;
  3. Às pessoas em situação de risco, pedimos pelo bem de cada um que permaneçam em casa, ou optem por participar acompanhando através dos veículos de comunicação (rádio, Instagram, Facebook, YouTube).
  4. As pessoas que manifestam sintomas de qualquer doença, especificamente, temperatura acima de 38° C, tosse ou dor de garganta, falta de ar, perda de olfato ou paladar, calafrios, novas dores musculares, distúrbios gastrointestinais e diarreia, participem somente de casa;
  5. A celebração religiosa será realizada no espaço aberto do Patamar da Igreja matriz, com observação dos protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias para todos: uso do álcool em gel 70°; uso de máscara em tempo integral, retirando-a somente para a comunhão;
  1. A Celebração da missa durará cerca de 2h;
  2. O público será de 100 pessoas, conforme o protocolo do governo do Estado do Piauí.
  3. Cada pessoa deverá reservar a sua participação com antecedência;
  4. Durante as celebrações, o distanciamento é de 2m, e os assentos ocupam apenas a capacidade do espaço;
  5. Não será permitido ao público tocar em objetos de devoção e nem em qualquer outro objeto existente no recinto;
  6. No presbitério permanece apenas os ministros ordenados (Bispo, padres, diáconos). Os demais ministros (Coroinha, leitores, salmitas, Ministro da comunhão, cantores e instrumentistas) serão dispostos em lugares diferentes e específicos, mantendo o mesmo distanciamento e a individualidades de seus objetos;
  7. Para o canto litúrgico, o coral terá no máximo 10 pessoas, apenas o número suficiente de pessoas que assegurem o funcionamento da liturgia; cada um com o seu microfone individualizado, assento definido, sem troca de instrumentos musicais e respeitando o mesmo distanciamento estabelecido;
  8. Não haverá entre os leitores e demais ministros passagem de microfones, vestes litúrgicas, objetos sacros ou de coisas afins
  9. Para o momento das ofertas, as pessoas devem permanecer em seus lugares; as ofertas serão recebidas com o uso de um longo coletor que não permite o contato físico entre as pessoas e se observa as devidas orientações sanitárias;
  10. O gesto de paz permanece omitido;
  11. Para a comunhão, terá no mínimo 5 pontos de distribuição distantes um dos outros em lugares definidos. Os fiéis procedam mantendo o distanciamento físico definido previamente assinalados conforme as orientações sanitárias. A Comunhão será distribuída exclusivamente na mão, devendo todos comungar na frente dos ministros;
  12. Para evitar aglomerações, permanecem proibidas as procissões, quermesses, e toque físico em qualquer símbolo da fé;
  13. O leilão será virtual;
  14. Para assegurar o cumprimento desse protocolo, cada noite se contará com uma equipe de apoio de 10 pessoas do grupo articulador de cada noite de novena;
  15. Os esclarecimentos acerca destas orientações e das situações não previstas ficam a cargo do Bispo Diocesano.

Estas orientações entram em vigor a partir da data de hoje e terão validade enquanto não mandarmos o contrário.

Rogamos a proteção de Nossa Senhora da Vitória, pedindo a sua intercessão sobre o nosso povo para que ultrapassemos sem demora este tempo desconfortável e sofrido de pandemia. Deus abençoe a todos!

Oeiras, treze de julho de dois mil e vinte e um.

 

Pe. Possidônio Ferreira Barbosa Júnior – Pároco

Pe. John Elves  – Vigário

Conselho Pastoral Paroquial

Equipes organizadoras