Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

 

 

Diante da grave ameaça à saúde de todos, a Diocese de São Raimundo Nonato, movida pelo sentimento de corresponsabilidade e de compromisso com a vida e bem estar de todas as pessoas, une-se a todos num esforço coletivo para a contenção do Coronavirus, colaborando assim, com as autoridades governamentais e sanitárias.

 

Neste sentido apresentamos as seguintes orientações:

  1. Ficarão suspensas, a partir do dia 18 de março até 04 de abril, em todas as instâncias eclesiais, paróquias, áreas pastorais e centros catequéticos, eventos que favoreçam aglomeração de pessoas; tais como: assembleias, vias sacras, procissões, encontros quaresmais, encontros catequéticos, etc.
  2. As Santas Missas devem ser celebradas em todos os horários, conforme a programação paroquial, observando os decretos das autoridades estatais, de no máximo 50 pessoas em ambientes fechados, e de no máximo 100 pessoas, em ambientes abertos.
  3. Sejam as Santas Missas transmitidas pelas redes sociais, conforme a possibilidade, bem como acompanhadas pelos fiéis através da televisão e rádio. Neste casa quem acompanha a Santa Missa neste modo cumpre o dever católico de “guardar domingos e fastas de guarda”.
  4. Quanto a confissões, não haverá as Mutirões de Confissões nas paróquias. Em caso de urgente necessidade, os sacerdotes devem atender as pessoas com devidas precauções. (máscara);
  5. As atividades da Catequese sejam suspensas durante esses quinze (15) dias.
  6. Está suspenso a 1ª etapa do Curso do Catecismo da Igreja Católica, planejado para 03-05 de abril, posteriormente marcaremos outra data.
  7. As Igrejas disponham de meios para a higienização das mãos, como álcool em gel e que os ambientes sejam sempre bem higienizados, tais como as maçanetas das portas, corrimãos, bancos, etc.
  8. Recomendamos que durante esses dias, intensifiquemos as nossas orações ao Deus de toda consolação e misericórdia que nos livre da pandemia do Coronavirus.
  9. Pedimos também que sejam observadas as orientações do Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde e Vigilância Sanitária, colaborando assim com as autoridades.

 

Confiemos o nosso destino ao Deus Pai misericordioso, como também à proteção materna de Nossa Senhora da Saúde e de São José, esposo de Maria e o protetor da família,  para que nos livre deste e de todos os males.

 

São Raimundo Nonato, 18 de março de 2020

 

 

Dom Eduardo Zielski

Bispo de São Raimundo Nonato