O bispo de Campo Maior e vice-presidente do Regional Nordeste da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Francisco de Assis, presidiu a 2ª noite da trezena de Santo Antonio, nesta sexta-feira, dia 02 de junho. As festividades do padroeiro diocesano de Campo Maior seguem até o dia 13 de junho, data em que a Igreja Católica celebra a memória do santo.

Dom Francisco destacou que o lema do festejo deste ano de 2023 é o mesmo lema do 3º Ano Vocacional da Igreja no Brasil ‘Corações ardentes, pés a caminho’ (cf Lc 24,32-33). De acordo com o bispo, colocar-se em caminhada no cumprimento da missão e na vivência das vocações exige um coração ardente: “A fé tem que fazer o coração arder. Se não arder, é uma fé fraca. Somente com um coração que arde de amor por Jesus, como o de Santo Antonio ardeu intensamente, é possível colocar-se a caminho. Se o coração arde, é coração vivo, em chamas, fervoroso”, disse.

Ainda de acordo com dom Francisco, a Igreja Particular de Campo Maior está numa caminhada que inicia neste ano de 2023 e vai encerrar no dia 12 de junho de 2026, quando a diocese irá celebrar os seus 50 anos de instalação canônica: “Este ano, iniciamos uma preparação visando as celebrações pelo cinquentenário da nossa diocese. Em 2023, celebramos o ano da comunhão, o primeiro ano do triênio. Precisamos chegar em 2026 com muita disposição e coragem porque se a festa é grande hoje, muito maior será em 2026”, destacou.

“O festejo de Santo Antonio oferece uma grande possibilidade de catequese. Nossos corações estão aquecidos, ardentes e revestidos de festa para um maior testemunho e compreensão da fé, e, consequentemente, maior engajamento pastoral. O maior catequista é Santo Antonio. Num mundo, onde prevalece o pecado, a descrença, a distração, a indiferença com o outro, o descarte de Deus, Santo Antonio nos mostra que é preciso prevalecer na fé e na missão”, finalizou.

O bispo de Oeiras e secretário do Regional Nordeste 4 da CNBB, dom Edilson Soares Nobre, será o pregador da 6ª noite da Trezena de Santo Antonio Aparecido de Campo Maior, na próxima terça-feira, dia 06 de junho. O arcebispo emérito de Teresina, dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho também virá presidir na quarta-feira, dia 08 de junho.